Tópicos: Educação

“Como escolher uma profissão?”. Se você está saindo do ensino médio ou mudando de área possivelmente essa pergunta veio à sua mente.   

Decidir qual profissão seguir pode parecer uma tarefa simples, mas as inúmeras possibilidades de cursos existentes dão um nó na cabeça de muitas pessoas.   

Enquanto existem aqueles que parecem já nascer sabendo que serão médicos, advogados ou engenheiros, muitas pessoas ainda têm dúvidas.   

Muitas vezes, até aqueles que acreditam saber o que querem acabam se frustrando com a profissão escolhida. Muitos estudantes acabam idealizando cursos e não se informam corretamente sobre a profissão.  

Não é à toa que os índices de evasão e troca de curso são altos no Brasil. De acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), entre os anos de 2010 e 2015, cerca de 56% dos estudantes brasileiros que ingressaram em uma universidade acabaram desistindo no meio do caminho ou trocaram de curso no decorrer da graduação.  

Entre os motivos de desistência, apontados pelo levantamento, está a não identificação com o curso. Ou seja, mais importante do que escolher uma profissão é saber se tal carreira está de acordo com suas expectativas.   

Pensando nisso, separamos 8 dicas para auxiliar na escolha da profissão. Confira! 

Neste artigo, você vai ver: 
1 - Quem sou eu? 
2 - Humanas, exatas ou biológicas? 
3 - Teste vocacional 
4 - Faça uma lista e informe-se sobre as profissões  
5 - Converse com profissionais da área 
6 - Visite e conheça universidades 
7 - Retorno financeiro ou satisfação pessoal? 
8 - Cuide com os conselhos de amigos e familiares 
Conclusão 

como-escolher-uma-profissao - mulher em frente ao quadro verde com ponto de interrogação desenhados de giz

1 - Quem sou eu?

Pode parecer uma pergunta boba, mas entender quem somos é primordial para escolher uma carreira profissional.   

O autoconhecimento é a peça chave para escolher uma profissão. Identificar e entender a sua personalidade, seus gostos e suas habilidades podem dar muitas pistas sobre quais rumos profissionais tomar.   

Você é extrovertido ou introvertido? Prefere trabalhar sozinho ou em grupo? Ambientes fechados ou ao ar livre? Quais são seus hobbies? Quais assuntos chamam mais a sua atenção? Quais são as suas qualidades e pontos fracos? Quais atividades você gosta ou não de fazer?  

Vamos imaginar um perfil hipotético: João é introvertido, gosta de trabalhar sozinho e estar em lugares fechados. Ele adora se atualizar sobre tecnologia e leva jeito com computadores. Cursos da área de exatas, como Engenharia ou Ciência da Computação, podem se encaixar com o perfil do João.   

A partir dessas informações sobre sua personalidade, torna-se muito mais fácil e simples traçar paralelos com os cursos existentes.  

2 - Humanas, exatas ou biológicas? 

Existem três grandes áreas do conhecimento: humanas, biológicas e exatas. Descobrir com qual das três você mais se identifica é um bom caminho para escolher uma profissão. Afinal, todos os cursos de graduação se relacionam, de alguma forma, com essas áreas.   

Humanas   

As ciências humanas englobam conhecimentos sobre o ser humano e suas relações, procurando compreender fenômenos sociais, históricos e culturais. Os elementos fundamentais da ciências humanas são a filosofia, a beleza (relacionando arte e cultura), e a comunicação.   

Comparando com as disciplinas trabalhadas no ensino médio, as ciências humanas se referem aos conteúdos de história, geografia, sociologia, filosofia e literatura. Ou seja, se você tinha afinidade com uma dessas matérias, pode ser que área de humanas se encaixe no seu perfil.  

Além disso, um dos traços marcantes da personalidade do profissional de humanas é o gosto pela leitura. Qualquer curso da área vai exigir muita leitura, boa comunicação e um senso crítico apurado.  

Confira algumas opções de curso nessa área:  

  • Políticas Públicas 
  • Pedagogia 
  • Jornalismo 
  • Ciência Sociais 
  • Filosofia 
  • Direito 
  • Letras 
  • História 
  • Geografia 
  • Serviço Social 
  • Relações Públicas 
  • Artes Visuais 

Exatas 

As ciências exatas têm como principais características o raciocínio lógico e a presença marcante dos números. Essa área se relaciona com os conteúdos de matemática, química e física vistos na escola.   

O estudante que escolhe um curso de exatas tem que gostar de cálculos, pois enfrentará muitos problemas matemáticos em boa parte da trajetória acadêmica e profissional.  

Confira algumas opções de curso nessa área:  

  • Engenharias 
  • Ciência da Computação 
  • Arquitetura 
  • Matemática 
  • Física 
  • Química 
  • Astronomia 
  • Design de Games  

Biológicas  

As ciências biológicas são responsáveis pelos estudos dos seres vivos, analisando as diferentes formas de vida e todas as estruturas que as mantêm. Ou seja, os profissionais de ciências biológicas estudam a origem dos seres, sua evolução e funcionamento.  

Química, física e, principalmente, biologia fazem parte das ciências biológicas. O estudante dessa área também deve gostar de ler e, acima de tudo, pesquisar. Além disso, dependendo do curso escolhido, habilidades para lidar com animais, com o corpo humano e com a natureza podem ser requeridas.  

Confira algumas opções de curso nessa área:  

  • Medicina 
  • Medicina Veterinária 
  • Biologia 
  • Enfermagem 
  • Biomedicina 
  • Fisioterapia 
  • Educação física 
  • Nutrição 
  • Farmácia 
  • Zoologia
  • Agronomia 

3 - Teste vocacional 

Uma das ferramentas que pode auxiliar na escolha da profissão é o teste vocacional. Através de diversas perguntas, esses testes buscam uma carreira compatível com o perfil de quem responde.

A palavra vocacional vem de “vocação”, referindo-se a uma disposição natural e espontânea que uma pessoa tem para determinada atividade.

Na internet, é possível encontrar diversas opções de testes vocacionais. No entanto, a maioria dos encontrados na rede ainda é muito superficial.

A melhor opção é realizar um teste vocacional com um psicólogo. Esse profissional está capacitado para avaliar e orientar da melhor forma, baseando-se em pesquisas e avaliações regulamentadas pelo conselho da profissão.

4 - Faça uma lista e informe-se sobre as profissões 

lista-de-profissoes - homem de camiseta azul em frente ao notebook e com livros

É muito comum se identificar com mais de uma profissão. Na graduação, inclusive, existem diversas disciplinas que atravessam mais de um curso.

Uma boa ideia é fazer uma lista com todas as profissões que chamam sua atenção.

Utilizando esse documento como guia, comece a pesquisar sobre as profissões, buscando informações sobre a grade curricular do curso, duração da graduação, áreas de atuação profissional e mercado de trabalho.

Após levantar essas informações, compare as profissões entre si, elencando os prós e contras de cada uma.

Quando essa lista estiver bem completa, procure identificar quais profissões se encaixam com suas perspectivas pessoais e prioridades.

New call-to-action

5 - Converse com profissionais da área

A internet é uma grande aliada de pesquisa, permitindo encontrar informações sobre absolutamente tudo. Apesar disso, muitas vezes, teoria e prática não andam juntas.  

Levantar informações sobre as profissões na internet é algo muito válido, mas não se prenda somente a isso. Procure por profissionais que atuam em sua área de interesse e pergunte a eles sobre a profissão.  

Quem está no mercado há um tempo pode oferecer visões mais atualizadas sobre as possibilidades de trabalho. Já os recém formados podem guiá-lo com informações sobre a graduação, detalhando disciplinas e métodos de avaliação.   

Os dois perfis de egressos são muito válidos, cabe ao estudante determinar quais são suas maiores dúvidas no momento.   

Abaixo, selecionamos algumas perguntas que podem orientar o bate-papo com os profissionais formados:  

  • Por que você escolheu essa profissão? 
  • Como foi a graduação na área? 
  • Como é o mercado de trabalho? 
  • Em qual área você atua e como escolheu ela? 
  • Quais os pontos positivos e negativos da profissão? 

6 - Visite e conheça universidades 

Uma parte importante no processo de escolher uma carreira é identificar quais instituições de ensino oferecem a graduação desejada.  

Além de oferecer o curso, certifique-se de que a universidade escolhida seja referência em educação de qualidade. Muitas dessas instituições de ensino realizam também feiras de profissões durante o ano, informa-se sobre as datas em que ocorrem esses eventos.   

É importante pontuar que, com a pandemia da Covid-19, algumas dessas atividades podem acontecer de forma restrita ou até mesmo não ocorrer.  

Mesmo que talvez não seja possível conhecer presencialmente as universidades, a grande maioria delas têm sites ricos de informações, com fotos e detalhamento das estruturas da instituição.  

Além da qualidade, outro ponto importante na hora de escolher uma instituição de ensino é conhecer as modalidades de cursos oferecidas.   

Atualmente, existem cursos presenciais, semipresenciais e a distância. Conheça as três opções e encontre a que mais se adequa com sua rotina e disponibilidade.   

Para quem espera conciliar estudos e trabalho, a EAD é uma ótima opção. Essa modalidade oferece horários flexíveis e garante o mesmo diploma do presencial. A Unoesc possui diversas opções de cursos EAD, conheça algumas delas aqui. 

7 - Retorno financeiro ou satisfação pessoal? 

retorno-financeiro-ou-satisfacao-pessoal - mulher com cara de dúvida em fundo branco

Essa é uma questão bem importante e que acaba tirando o sono de muitas pessoas.  

Algumas profissões têm um retorno financeiro maior do que outras. Mas fica a pergunta: vale a pena investir em uma profissão pensando apenas na questão financeira?   

Algumas pessoas podem responder sim, outras podem discordar. Não existe resposta certa para essa pergunta.   

Para muitas pessoas, a satisfação pessoal é o mais importante e acaba pesando mais na hora de escolher.   

Ou seja, priorizar satisfação pessoal ou retorno financeiro é uma escolha que deve ser feita de acordo com as prioridades e necessidades de cada um. O mais importante é que escolha parte de si mesmo.  

8 - Cuide com os conselhos de amigos e familiares 

Amigos e familiares gostam muito de opinar quando veem uma pessoa em um momento de indecisão. Essa ajuda é muito bem-vinda. O acolhimento das pessoas próximas é essencial nessa fase.   

No entanto, não esqueça das suas vontades e expectativas. Escute os conselhos e compare com as suas perspectivas. No final das contas, é você quem vai viver essa experiência.  

Conclusão 

“Como escolher uma profissão?” é uma pergunta atemporal e que chega para quase todos em algum momento da vida.    

Neste artigo, buscamos dar algumas dicas e tornar um pouco mais fácil esse processo.   

O primeiro passo para escolher uma carreira é conhecer a si mesmo. A partir disso, todas as etapas que informamos tornam-se muito mais fáceis.   

Agora, compartilhe conosco: como está sendo esse momento de escolha da profissão para você? Deixe sua resposta nos comentários! 

Inscreva-se em nosso blog

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.