Tópicos: Mercado de Trabalho

Você sabe o que é geração Y? Quais pessoas compõem esse grupo? Quais são as características dessa geração? Neste artigo, trazemos essas e outras informações sobre o assunto!

Ao longo do tempo, nossa sociedade passou por diversas mudanças. Os cenários econômicos e sociais e as novas tecnologias impactaram a forma como nos relacionamos uns com os outros e com aquilo que nos cerca. 

É por isso que notamos diferenças de pensamento e comportamento entre grupos de diferentes idades, por exemplo. 

A Sociologia é a ciência estuda as dinâmicas e mudanças na sociedade, dando denominações para cada uma dessas fases geracionais da população.

É daí que surge a nomenclatura Geração Y, delimitando uma das quatro gerações que existem na atualidade. 

Neste artigo, explicaremos mais sobre a Geração Y, trazendo as características desse grupo e seus principais desafios frente à sociedade.

Confira:
O que é geração Y?
Qual a idade das pessoas que compõem a geração Y?
Características da geração Y
Quais são as outras gerações?
Como é a geração Y no mercado de trabalho?
Conclusão 

geracao-y - seis pessoas sentadas com tablets e celulares nas mãos

O que é geração Y?

Geração Y é um termo sociológico utilizado para denominar os indivíduos nascidos entre o começo da década de 1980 até meados dos anos 1990. 

Os millennials, como são popularmente chamadas as pessoas dessa geração, nasceram e cresceram em meio ao surgimento e avanços das novas tecnologias, o que marcou drasticamente suas formas de se relacionar entre si e com o mundo.

Essa geração também se inseriu na sociedade em um período de prosperidade econômica e facilidade material, além de viver desde os primeiros anos de vida em ambientes altamente urbanizados.  

Esse cenário social e econômico marcou fortemente a geração Y, fazendo com que esse grupo tenha valores e condutas muito distintas dos indivíduos que vieram antes.  

Nos tópicos a seguir, explicaremos mais sobre as características desse grupo geracional. 

Qual a idade das pessoas que compõem a geração Y?

Na comunidade científica, não existe um consenso sobre o período que compreende a geração Y.

O instituto de pesquisa Pew Research Center classifica como geração Y os nascidos entre 1981 e 1996.

Já o autor Neil Howe, um dos grandes pesquisadores dos ciclos geracionais, define a geração Y como os nascidos entre os anos de 1982 e 2004.

De qualquer forma, podemos dizer que atualmente a geração Y compreende as faixas-etárias que vão dos 25 aos 39 anos, em média. 

Características da geração Y

A geração Y carrega características marcantes em sua maneira de se relacionar e se colocar no mundo. Seus valores, anseios e causas são muito diferentes das gerações que a antecederam. 

Abaixo, trazemos algumas das principais características desse grupo. Confira:

  • Forte presença da tecnologia em seu dia a dia

Diferente das gerações anteriores, os millennials tiveram acesso a diversas tecnologias digitais desde a infância. Boa parte cresceu em casas com computadores, videogames e acesso à internet.

A internet e suas tecnologias praticamente evoluíram junto à geração Y.

Afinal, o “boom” da internet aconteceu nos anos 90 e, nos anos seguintes, se deu a popularização da rede e sua evolução até o que conhecemos hoje.

Portanto, a geração Y acompanhou de perto todas essas inovações tecnológicas, estando fortemente inseridos na era digital. 

Isso fez com que esse grupo geracional tivesse muita facilidade para lidar com esses novos recursos, além de já utilizar essas tecnologias nos estudos e no trabalho com naturalidade. 

A utilização dos smartphones e domínio de todas as suas funcionalidades também é uma característica marcante desses indivíduos.

  • Inquietude 

Os millennials cresceram inseridos em um época de muitas mudanças e ação, sendo continuamente estimulados por diversas atividades. 

Esse grupo geracional está habituado a fazer tarefas múltiplas, dividindo sua atenção com diversos afazeres. 

Em função disso, as pessoas dessa geração são muito inquietas e impacientes, trocando de emprego com frequência e sempre buscando oportunidades mais desafiadoras e atrativas. 

Além do lado profissional, essa inquietude também se manifesta nas relações pessoais.

No geral, a geração Y costuma ter relacionamentos menos duradouros, tendo dificuldade para estabelecer laços mais profundos com as pessoas de seu convívio. 

As relações líquidas, descritas pelo pensador Zygmunt Bauman, são muito características dessa geração. 

Afinal, é muito comum que os millennials mudem de ideia rapidamente, terminando relacionamentos mesmo antes de começar e optando por trocar, deletar, excluir, bloquear o outro de sua vida. 

  • Ruptura com os modelos tradicionais de sucesso pessoal e profissional

A geração Y é frequentemente descrita como "geração boomerang" ou "geração Peter Pan". 

Essas nomenclaturas são usadas porque os estudiosos perceberam nessa geração uma tendência a postergar alguns ritos de passagem para a idade adulta por períodos mais longos do que as gerações anteriores. 

Por exemplo: a geração Y não está tão interessada em ter o carro do ano ou estar casada e com filhos na altura de seus 30 anos. 

Em vez disso, segundo estudo realizado pela Viacom, essa geração prefere valorizar mais o trajeto do que a linha de chegada, dando preferência, por exemplo, a poupar dinheiro para garantir a próxima viagem do que comprar um imóvel.

Além disso, seus valores em relação ao trabalho também são diferentes.

Uma pesquisa da Fundação Instituto de Administração (FIA/USP), que ouviu cerca de 200 jovens de São Paulo, revelou que 99% dos nascidos entre 1980 e 1993 só se mantêm envolvidos em atividades que gostam. 

O mesmo levantamento também apontou que 96% dos entrevistados acreditam que o objetivo do trabalho é a realização pessoal.

Para essa geração, o sucesso profissional não está apenas condicionado aos salários, aos títulos, ou à estabilidade que um cargo oferece. 

Eles valorizam em uma profissão a possibilidade de equilíbrio entre a vida pessoal e profissional e a realização pessoal e prazer que aquela atividade pode proporcionar. 

  • Preocupação com causas sociais e questões ambientais 

Por mais que a geração Y não tenha linhas ideológicas tão fortes quanto as gerações anteriores, que vivenciaram momentos como a Guerra Fria, os millennials também possuem suas causas e bandeiras. 

A geração Y é muito mais preocupada com questões sociais e ambientais do que as anteriores. 

Esse grupo não tolera preconceitos e atitudes discriminatórias, tendo como traço marcante a luta pelos direitos das minorias. 

Além disso, questões como aquecimento global, reciclagem e desmatamento são preocupações constantes desses indivíduos. 

Afinal, eles já cresceram, principalmente no contexto escolar, problematizando assuntos relacionados ao futuro do planeta e a um modo de vida mais sustentável

geracao-y-caracteristicas - seis jovens sentados no chão e interagindo uns com os outros

Quais são as outras gerações?

Além dos millennials, existem outras três gerações na atualidade. Abaixo, explicamos quais são e quais grupos elas compreendem: 

Geração Baby Boomers – Antes das gerações X, Y e Z, a primeira nomenclatura foi dada para a geração Baby Boomers, pessoas nascidas entre 1940 e 1960. Esse nome foi dado justamente pela explosão demográfica causada com o fim da segunda guerra mundial.

Geração X – Filhos dos Baby Boomers, a Geração X nasceu entre 1960 e 1980. A formação foi muito influenciada pela programação da televisão. São conhecidos por serem autossuficientes, por priorizar trabalhar com flexibilidade e criatividade, do que somente por dinheiro ou status, e buscam através do trabalho a realização dos desejos materiais e pessoais.

Geração Z – Esta geração nasceu usando a internet. É extremamente conectada, mais realista e tão exigente quanto à geração Y. Tem um grande senso de responsabilidade social e ambiental.

Como é a geração Y no mercado de trabalho?

Ao contrário das gerações anteriores, o trabalho não é apenas um meio de subsistência para os millennials. 

Para a geração Y, um emprego é um meio de realização pessoal e deve ser uma atividade prazerosa.

Abaixo, apresentamos as principais características desse grupo geracional no mercado de trabalho:

  • Reconhecimento rápido: por serem muito inquietos e imediatistas, esses profissionais desejam e buscam meios de obter reconhecimento profissional de forma rápida. Ao contrário das gerações anteriores, que estavam acostumadas a aguardar anos para uma promoção, os millennials querem o sucesso para ontem.
  • Trabalhos que envolvam criatividade e inovação: os profissionais da geração Y não se contentam com atividades meramente operacionais, eles procuram funções em que possam desenvolver e aplicar sua criatividade, gostando de propor ideias inovadoras. 
  • O salário não é o principal: uma profissão que tenha apenas um bom retorno financeiro não é o suficiente para os millennials. Esses profissionais buscam por um cargo que os permita se sentir realizados e que ofereça equilíbrio entre vida profissional e pessoal. 

Conclusão 

Neste artigo, falamos sobre a geração Y, explicando o que é e quais as características desse grupo. 

Se você gostou desse conteúdo, confira a seguir outros textos relacionados:

New call-to-action

 

Inscreva-se em nosso blog

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.