Enem

O que zera a redação do Enem?

Por Unoesc EAD   |    | 10 min de leitura
LEIA AGORA
Ler publicação

 Tópicos: Enem

Se você está se preparando para o Enem, certamente essa pergunta já veio à sua mente: afinal, o que zera a redação do Enem?

A redação é uma das partes mais importantes do Exame Nacional do Ensino Médio, tendo um papel decisivo para conquistar a vaga na universidade dos sonhos. 

A redação é a única prova do Enem em que é possível tirar zero. 

As provas das áreas de Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagens e Matemática têm as notas calculadas com base na Teoria de Resposta ao Item (TRI). 

Sendo assim, não é possível zerá-las, pois mesmo errando todas as questões os candidatos recebem uma pontuação mínima. 

Na redação, contudo, a situação é diferente. Ela é corrigida por uma banca avaliadora que pode, segundo determinados critérios, zerar a nota da redação. 

Neste artigo, explicaremos 10 erros que podem zerar sua redação, além de trazer dicas de como se sair bem nessa parte da prova. 

Confira:
É possível zerar a prova do Enem?
Quanto vale a redação do Enem? 
10 erros que podem zerar sua redação do Enem
O que acontece se eu zerar a redação do Enem?
3 dicas para fazer uma boa redação do Enem 
Conclusão 

o-que-zera-redacao-do-enem - mulher diante de computador escrevendo em caderno


É possível zerar a prova do Enem?

Para respondermos se é possível ou não zerar a prova do Enem, vamos explicar como funciona o cálculo das notas das provas. Afinal, existem duas metodologias de avaliação: a Teoria de Resposta ao Item (TRI) e uma banca examinadora. 

Quem faz o Enem recebe cinco notas, uma para cada área de conhecimento:

  • Ciências da Natureza;
  • Ciências Humanas;
  • Linguagens;
  • Matemática;
  • Redação.

As quatro primeiras áreas são corrigidas seguindo o sistema TRI (Teoria de Resposta ao Item).

Esse método não leva em consideração somente o número de acertos na prova. A TRI considera uma escala-padrão de conhecimento, dividindo as questões em fáceis, médias e difíceis.

Esse padrão de correção permite determinar se o aluno acertou porque realmente sabia — ganhando a pontuação inteira da questão — ou chutou — sendo atribuída uma pontuação menor.  

É por isso que dois estudantes que tenham acertado a mesma quantidade de questões em uma área do conhecimento podem ter notas diferentes.

A TRI avalia a coerência dos acertos e erros para determinar a pontuação dos candidatos.

O ponto positivo desse método é que nunca será possível zerar totalmente as provas de Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Matemática. Afinal, mesmo errando a questão, o estudante recebe uma pontuação, ainda que mais baixa. 

A redação, entretanto, segue uma lógica de correção um pouco diferente. A nota da redação é atribuída por uma banca examinadora, composta por pelo menos dois professores. 

Esses profissionais utilizam cinco competências para determinar a pontuação do candidato na redação. Confira:

  • Competência 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa.
  • Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.
  • Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
  • Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
  • Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado que respeite os direitos humanos.

Os professores dão uma nota entre 0 e 200 pontos para cada uma das cinco competências.

Dessa forma, é possível zerar a redação, embora não seja tão comum acontecer. Existem apenas algumas situações específicas que levam ao zero. Mencionaremos esses casos nos tópicos a seguir do texto. 

Quanto vale a redação do Enem? 

A redação do Enem vale 1000 pontos. Essa nota é formada pela pontuação das cinco competências que mencionamos anteriormente. 

Cada professor vai dar uma nota entre 0 e 200 pontos para cada uma das cinco competências. 

A soma de todas elas pode chegar a 1.000 pontos, e a nota final vai ser a média aritmética das notas totais dadas por esses profissionais. 

Sendo assim, é possível ter diversas pontuações, como 400, 500, 650, 820 e 1000, de acordo com seu desempenho.

10 erros que podem zerar sua redação do Enem

Agora que você já sabe como funciona a pontuação da redação do Enem, vamos apresentar os erros que podem levar ao zero.

Confira:

Fuga do tema 

Esse é um dos erros mais comuns. Afinal, muitas pessoas leem rapidamente a proposta de redação e não compreendem plenamente a temática a ser discutida. 

Quando a proposta de redação não é respeitada, o candidato tem sua redação zerada, segundo o edital do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Mas o que seria fugir do tema da redação? Vamos ver um exemplo!

Em 2018, a proposta de redação pedia que os participantes escrevessem sobre "manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”. 

Contudo, houve quem dissertou apenas sobre tecnologia, de forma geral, não abordando questões específicas da internet. 

Esses casos tiveram o texto anulado pela banca avaliadora, o que levou diversos candidatos ao zero na redação.

Dessa forma, é muito importante ler com atenção a proposta de redação, garantindo que não haverá fuga no tema. 

Não seguir o formato de dissertação

A redação do Enem deve seguir o formato dissertativo-argumentativo

Ou seja, tem que conter introdução, argumentos que defendam determinado ponto de vista (dados estatísticos, por exemplo) e conclusão.

Esses tipo de texto defende determinada opinião sobre o tema e deve propor uma solução para a questão apresentada. 

Produzir um texto fora desse padrão leva a anulação da redação e, consequentemente, ao zero. 

A redação do Enem não é lugar para experimentalismos, por mais criativo que você seja. 

A melhor aposta é construir bons argumentos e seguir o modelo exigido pelo exame. 

Folha em branco 

Entregar a folha da redação em branco também leva ao zero. Muitas vezes, isso costuma acontecer por falta de tempo, já que muitos participantes deixam para passar o texto a limpo nos últimos minutos. 

Ou seja, saiba administrar seu tempo e não deixe a redação por último. Essa é uma das partes mais importantes do Enem. 

Menos de 7 linhas

Outra condição que leva à anulação da redação é entregar um texto com menos de sete linhas. 

Segundo o Inep, a redação do Enem deve ter no mínimo 7 linhas de extensão para ser avaliado pela banca de professores. 

Cópia dos textos motivadores

No Enem, a proposta de redação é sempre acompanhada de uma coletânea de textos motivadores. Eles servem para dar um "norte" ao candidato.

Esses textos não devem ser reproduzidos em sua redação, pois pode ser considerado cópia e levar a anulação do texto. 

O Inep considera como "cópia": 

  • sequência de três ou mais palavras iguais às dos textos motivadores ou das questões;
  • alteração apenas do singular ou plural, ou do tempo verbal dos excertos;
  • reprodução das mesmas frases, omitindo apenas algumas palavras ou invertendo trechos.

Desenhos e sinais gráficos impróprios

De acordo com o edital do Enem, redações com impropérios, desenhos e formas propositais receberão nota zero.

Texto escrito em língua estrangeira

A redação do Enem deve ser escrita em língua portuguesa. Qualquer outro idioma não é aceito e leva à anulação da redação. 

Isso não quer dizer que termos estrangeiros populares (como pizza, shopping, designer e jeans)  não possam ser utilizados. 

A regra é não escrever o texto em sua totalidade em outro idioma. 

Letra ilegível

Redações com letras ilegíveis também são zeradas. 

Dessa forma, é bem importante se atentar a caligrafia, tentando deixar a escrita o mais legível possível. 

Assinaturas e rubricas

A redação do Enem não é lugar para assinaturas e rubricas. 

Os candidatos que fizerem seu uso ao longo do texto tem a redação zerada. 

Desrespeitar os direitos humanos

Até o Enem 2017, ferir os direitos humanos era considerado uma infração grave e poderia zerar a prova de redação. No entanto, uma medida do STF mudou a regra. 

Mesmo que não zere a redação mais, um dos cinco itens que serão avaliados no texto é a capacidade de "elaborar proposta de intervenção para o problema abordado que respeite os direitos humanos".

Ou seja, mesmo que não anule o texto, desrespeitar os direitos humanos diminui significativamente a pontuação do candidato. 

O que acontece se eu zerar a redação do Enem?

A redação do Enem representa 20% da sua nota geral no exame.

Ou seja, se você for muito mal ou zerar a redação do Enem, sua média pode despencar.

Além da queda brusca em seu score, diversos processos seletivos para ingressar no ensino superior exigem nota acima de zero na redação para que os candidatos possam participar.

Confira os critérios de cada um deles:

Sisu

É por meio do Sisu que as instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para os participantes do Enem. 

Os candidatos são classificados de acordo com as notas e aqueles com melhor desempenho conseguem as vagas. 

Para se inscrever no Sisu, o candidato deve ter participado do Enem mais recente (as vagas são disponibilizadas semestralmente), obtendo nota na redação maior que zero. 

Prouni 

O Programa Universidade para Todos (Prouni) concede bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior.

Para se inscrever, os candidatos não podem ter diploma de nível superior, devem ter participado do último Enem, obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do exame e não podem ter zerado a redação.

Além disso, o programa também leva em conta critérios socioeconômicos para conceder as bolsas.  

FIES

O FIES é um programa de financiamento estudantil que se divide em diferentes modalidades, possibilitando juro zero e escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato. 

Para poder concorrer, é preciso ter participado do Enem, a partir da edição de 2010, ter obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos, ter tirado nota superior a zero na redação e possuir renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até 3 (três) salários mínimos.

o-que-acontece-se-eu-zerar-a-redacao - mulher em biblioteca estudando

3 dicas para fazer uma boa redação do Enem

Abaixo, trazemos três dicas para você se sair bem na redação do Enem. Confira:

1 - Conheça o modelo dissertativo-argumentativo

O primeiro passo para se sair bem no Enem é conhecer a estrutura do texto dissertativo-argumentativo. Esse gênero trata-se de uma produção em que o autor defende seu ponto de vista por meio de argumentos consistentes.

No caso do Enem, além de uma boa argumentação, os candidatos também devem propor soluções para as questões apresentadas. 

Dominar esse padrão textual é essencial para fazer uma boa redação. 

Não se esqueça que não seguir esse modelo pode zerar a redação.

2 - Treine

A melhor forma de se preparar para a redação é treinando. Procure produzir uma redação semanalmente e observar seu avanço ao longo dos meses. 

Uma dica é produzir textos sobre os temas das edições passadas. Confira:

  • 2020: O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira
  • 2019: Democratização do acesso ao cinema no Brasil
  • 2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet
  • 2017: Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil
  • 2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil

3 - Esteja atento aos temas da atualidade

O tema da redação do Enem é sempre um assunto que está em pauta na sociedade e tem grande relevância para o contexto brasileiro. 

Dessa forma, é essencial se manter bem informado , acompanhando as notícias através de jornais, portais e telejornais.  

Reserve um tempo do seu dia para se informar e se manter atualizado. 

Conclusão 

Neste artigo, explicamos o que zera a redação do Enem, além de trazer dicas de como se sair bem nessa etapa do exame. 

Se você gostou desse conteúdo, não deixe de conferir outros do textos da EAD Unoesc sobre estudos e ensino superior:

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.





Inscreva-se em nosso blog

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.