Tópicos: Mercado de Trabalho

Provavelmente você já deva ter ouvido falar sobre plano de carreira, mas sabe exatamente do que se trata?

Na verdade, existem diferentes planos de carreira, aquele que diz respeito a vida profissional individual de uma pessoa e outro que é definido pelas empresas para estruturar as carreiras dos funcionários.

Neste texto, vamos explicar o que cada definição de plano de carreira quer dizer e como é importante saber como aplicá-lo para atingir seus objetivos.

Um plano de carreira individual, com metas claras, fará toda a diferença para uma vida profissional bem-sucedida.

Já o plano de carreira empresarial permitirá aliar os interesses da organização com os dos colaboradores.

Ficou curioso por esse assunto? Continue a leitura deste artigo até o final e entenda melhor como ter seu plano de carreira.

administradora-1

Plano de carreira individual

Onde você imagina que estará trabalhando daqui 5 anos? Na mesma empresa em que atua hoje, porém num cargo de destaque? Numa oportunidade fora do país? Em uma outra empresa, de outra área, diferente de onde trabalha hoje?

Essas questões são muito difíceis de responder, porque dependem de diferentes variáveis – economia, política, vida pessoal, mas é possível estruturar metas para atingir alguns de seus objetivos.

Aí entra o plano de carreira pessoal ou individual.

Esse planejamento é, na verdade, o projeto que uma pessoa cria com o objetivo de aprimorar suas habilidades com a finalidade de ser mais bem sucedido no futuro. Ele engloba tanto a vida profissional quanto a vida privada.

Qualquer profissional pode fazer um plano de carreira, desde quem está começando, até quem já tem uma trajetória, independente da profissão.

O mercado de trabalho passa por constantes mudanças, e cada vez mais precisa de pessoas bem qualificadas.

Por isso, é fundamental estabelecer metas que ajudem a construir a trajetória que leve aos objetivos.

Plano de carreira empresarial

Muitas empresas, especialmente as de grande porte, estruturam planos de carreira para seus funcionários.

O objetivo é construir uma trajetória do colaborador dentro da organização.

É o plano de carreira que determina as competências necessárias para cada cargo dentro da hierarquia, e também qual é a expectativa e necessidade da empresa em relação àquele posto.

A ideia é atrair, manter e desenvolver os talentos, promovendo-os de tempos em tempos. Um plano de carreira empresarial bem estruturado permitirá ao funcionário saber aonde pode chegar e quando isso irá acontecer.

Para identificar quais os perfis melhor se encaixam dentro das promoções em um plano de carreira empresarial, é fundamental o trabalho de um profissional de recursos humanos.

Entretanto, há quem diga que o plano de carreira empresarial está caindo em desuso nos últimos anos: "Essa visão, de entrar na empresa como estagiário e sair presidente, é obsoleta, fora de moda", disse a especialista em coaching Fernanda Dall’Anese, ao UOL.

Isso porque o dinamismo do mercado de trabalho atualmente tem feito profissionais mudarem de empresa com mais frequência num comparativo com anos décadas passadas.

Plano de carreira no setor público

Também existem os planos de carreira dentro do setor público, que são, em resumo, o conjunto de oportunidades que um órgão público oferece aos funcionários.

Essa modalidade de plano de carreira é, voltada, na maioria, das vezes para quem passa num concurso público, e estabelece quais as possibilidades de promoções, transferências e demais benefícios que são concedidos ao funcionalismo ao longo da trajetória dos profissionais.

Um exemplo de benefício é a licença-prêmio, que oportuniza uma licença remunerada a que na proporção de três meses para cada cinco anos servidos.

engenheiro 2

Como criar um plano de carreira pessoal

Dos três tipos de planos de carreira que apresentamos, o único ao qual temos autonomia de criar ou alterar é o plano pessoal ou individual.

É por meio dele que conseguimos estabelecer metas para o futuro e, a partir delas, estabelecer quais os caminhos serão necessários até chegarmos em nossos objetivos, sejam elas profissionais ou pessoais.

Obviamente que nem sempre conseguimos atingir com exatidão aquilo que projetamos, mas um plano de carreira pessoal torna o caminho mais fácil e claro.

Por isso, separamos algumas dicas para você criar seu próprio plano:

  • Saia da zona de conforto: você está num emprego que não é o ideal, na sua opinião, mas traz estabilidade e isso basta. Porém, seu sonho é conseguir um posto que pague melhor e traga mais qualidade de vida pessoal e financeira. Neste caso, é importante refletir sobre a atual situação e trabalhar sua cabeça para que possa mudar dentro de algum tempo, criando mecanismos que permitam, aos poucos, desapegar do conforto atual, vislumbrando mudanças para melhor no futuro.
  • Defina aonde você quer chegar: tão importante quanto o ponto de partida é o ponto de chegada, ou seja, qual o objetivo desse plano de carreira. Quer ser diretor ou até mesmo presidente de uma empresa, com bom salário? Estabeleça isso como a grande meta do seu planejamento. Essa definição será capaz de guiar melhor sua carreira e o fazer aproveitar as oportunidades, não ficando apenas esperando as coisas acontecerem ao natural.
  • Identifique as necessidades dos seus objetivos: digamos que seu objetivo para daqui a 5 anos seja estar trabalhando em outro país. A partir daí, tente construir um caminho, com todos os passos necessários até chegar a esse objetivo, como saber o que é necessário para trabalhar nesse outro país, quais são as burocracias que irá enfrentar, qual idioma precisará aprender, como buscar emprego, etc. Com isso, crie um passo a passo para consolidar esse caminho.
  • Defina prazos: de nada adiante ter um plano bem estruturado, com objetivos definidos, sem que haja prazos para cumprir as etapas. Pense que a meta é como uma escada, e que você tem um determinado tempo para subir. Cada passo é como se fosse um degrau, que quanto antes você subir, mais próximo do objetivo principal estará. Se o seu plano tem 3 anos de duração, calcule quantos meses levará para executar cada passo. Isso ajuda principalmente na organização, impedindo a procrastinação.
  • Busque qualificação: provavelmente o cargo que você estabelecer como meta principal em seu plano de carreira o fará ter que buscar qualificação, seja por meio de um curso de graduação, pós-graduação, mestrado ou até mesmo doutorado. Por isso, é fundamental entender quais as competências exigidas pelas empresas para esse posto que você almeja. Conhecimentos e fluências em idiomas também são desejáveis e, em alguns casos, requisitos básicos para determinados cargos.

critic thinking

Não tenho tempo de ir à universidade, e agora?

A busca por qualificação é fundamental para alçar voos profissionais maiores, porém nem todas as pessoas têm tempo disponível para se dedicar a uma nova graduação.

Se você já tem uma rotina profissional bastante intensa, aliada a uma vida pessoal cheia de compromissos, talvez seja mesmo difícil ir diariamente à universidade.

Para estes casos, a melhor alternativa é um curso EAD ou semipresencial.

Isso porque a graduação a distância permite estudar em horários alternativos e flexíveis, ou seja, quando a pessoa puder.

A UNOESC oferece diversos cursos no formato EAD, como administração, ciências contábeis, pedagogia, análise e desenvolvimento de sistemas, entre outros.

 

Benefícios de uma graduação EAD

Os cursos superiores a distância tiveram uma adesão significativa nos últimos anos. Prova disso é que atualmente a maioria das vagas em cursos superiores de instituições privadas são para graduações EAD. Esse índice foi constatado a partir do Censo da Educação Superior, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

As razões que levaram ao crescimento do EAD são a flexibilidade nos estudos, possibilidade de estudar em casa ou onde a pessoa quiser, desde que tenha acesso à internet, além da economia, uma vez que as mensalidades dos cursos EAD costumam ser mais baratas do que as de cursos tradicionais.

Essa soma de fatores atrai muitas pessoas que querem realizar o sonho de se formarem no ensino superior ou até mesmo aqueles que buscam a segunda formação, dando início a uma nova trajetória profissional.

O diploma EAD tem a mesma validade do presencial, desde que a instituição escolhida pelo estudante seja reconhecida pelo MEC.

ambiente de trabalho-1

Conclusão

Traçar metas, planejar o futuro e ter um plano de carreira depende muito do autoconhecimento, especialmente porque, independente do que dissermos, é fundamental que a pessoa entenda se mudanças fazem sentido dentro de sua vida e objetivos.

Porém, se você tem como meta um futuro mais próspero profissionalmente, é bom começar a se planejar, identificar aonde quer chegar e quais os caminhos são necessários para atingir esses objetivos.

Um plano de carreira bem definido e claro o ajudará a manter-se motivado para buscar melhorias constantemente.

Diante de um cenário competitivo, a busca por qualificação é quase um pré-requisito para quem almeja uma carreira de sucesso.

Identificar quais profissões tem maior nível de empregabilidade também se faz necessário para quem está de olho no futuro e em quais áreas há mais oportunidades.

Os cursos EAD e semipresenciais da UNOESC preparam para todos os desafios estabelecidos para o mercado de trabalho.

O investimento em um diploma de ensino superior é a porta de entrada para uma trajetória de sucesso. Com uma formação, é possível estabelecer um plano de carreira consistente e condizente com a realidade.

Se você quer dar início a essa trajetória, conheça nossos cursos agora mesmo e comece o quanto antes seu plano para um futuro de sucesso e qualidade de vida.

 

Inscreva-se em nosso blog

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.